REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

O piano de ‘Casablanca’, a leilão

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 23, 2014

O instrumento será a estrela de uma venda que inclui o roteiro e fotos autografadas pelo elenco

Um fotograma de ‘Casablanca’ (1942), o clássico de Michael Curtiz.

“You must remember this, a kiss is just a kiss…”, cantava Sam repetidamente no Rick’s Café, a pedido de Ilsa (Ingrid Bergman), no filme Casablanca. “Toque-a, Sam”, dizia ela, repetidamente. E a melodia que saía da voz de Sam e daquele piano rosado voltavam a apaixoná-la. Passados 72 anos desde que Dooley Wilson tocou aquela canção no filme de Michael Curtiz, o mítico piano irá a leilão no próximo dia 24 de novembro, na casa Bonhams, em Nova York.

There’s No Place Like Hollywood (não há um lugar como Hollywood) é o nome do leilão cinéfilo em que o piano será a peça central de um grande lote de memorabilia do filme, pertencente a um colecionador privado. A coleção inclui desde as portas internas e externas do café de Rick (Humphrey Bogart) até fotos autografadas pelo elenco, as notas de imprensa originais, um último rascunho do roteiro e os passaportes e vistos criados para a fuga de Ilsa e Victor Laszlo (Paul Henreid). “É uma das coleções de cinema mais significativas que ainda estavam em mãos privadas”, afirma Catherine Williamson, diretora do departamento de Memorabilia do Entretenimento da Bonhams.

Cartaz de ‘Casablanca’, o mítico filme de Michael Curtiz, que terá objetos cenográficos leiloados.

A casa de leilões se associou pela segunda vez ao canal de cinema clássico TCM para organizar aquela que é considerada uma venda “inesquecível e histórica”, por causa da popularidade da qual ainda goza o filme com Humphrey Bogart, de 1942. “Casablanca é um dos filmes de guerra mais queridos de Hollywood e um dos títulos mais prestigiosos da nossa coleção”, diz Dennis Adamovic, vice-presidente sênior do TCM. Por isso, estima-se que o piano de Sam chegue a ser vendido por um montante superior a um milhão de dólares (2,22 milhões de reais), superando o valor em torno de 1,5 milhão de reais alcançado por um segundo piano, usado nas cenas de flashback em Paris, quando Rick e Ilsa se apaixonaram.

O ator de Uma aventura na África parece ser um sucesso garantido até hoje. Outro filme popular de Bogart, O falcão maltês (1941), detém ainda hoje o recorde de venda de um objeto de cena. No ano passado, quando a Bonhams e o TCM se associaram pela primeira vez para o leilão What Dreams Are Made Of (do que são feitos os sonhos), a figura do falcão que aparecia no filme de John Huston alcançou o equivalente a nove milhões de reais. Naquele dia, também foi vendido o carro que aparece na mítica cena de despedida em Casablanca, um Buick Phaeton de 1940, pelo qual alguém pagou quase um milhão de reais.

No leilão de novembro próximo, estarão à venda também objetos de outros filmes que farão as delícias dos cinéfilos, como o vestido que Rita Hayworth usou enquanto cantava Amado Mio, em Gilda (1946); um retrato de Rodolfo Valentino como o Falcão Negro, pintado por Federico Armando Beltrán Massés em 1925; uma peça do vestuário usada por Jena Russell em O proscrito (1943); figurinos de Barbra Streisand em Num dia claro de verão (1970), Nosso amor de ontem (1973) e Yentl (1983); o avental que Judy Garland vestiu em O Mágico de Oz (1939); e as provas de capa que o desenhista Adrian fez para os macacos voadores.

Entre tantos fetiches, o piano em que Dooley Wilson tocou As time goes by será outra vez a estrela. Embora já não esteja dentro do café de Rick, o piano cor salmão ainda está em perfeito estado e pode tocar a canção tantas vezes quanto pedirem. Foi utilizado pela última vez em um concerto de 2006 no Hollywood Bowl, em Los Angeles, em que se homenageava a trilha sonora de Casablanca, de autoria de Max Steiner, que foi indicada ao Oscar. E aquele “You must remember this…” voltará a soar dentro de alguns meses, quando alguém (sem conseguir perder a piada) gritará: “Compra outra vez, Sam”.   – http://brasil.elpais.com/brasil/2014/07/22/cultura/1406037158_991632.html

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: