REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Holanda assume-se responsável por mortos em Srebrenica

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 16, 2014

Funeral de 175 vítimas do massacre de Srebrenica

Funeral de 175 vítimas do massacre de Srebrenica Fotografia © REUTERS/Dado Ruvic

Um tribunal holandês decidiu que a Holanda tem responsabilidade civil nas mortes de mais de 300 bósnios muçulmanos em Srebrenica, em julho de 1995, durante a guerra da Bósnia.

O mesmo tribunal acusou ainda os ‘capacetes azuis’ holandeses, a serviço da ONU, de terem falhado na sua missão de proteger os efetivos do exército bósnio da Sérvia. Mais de 7 mil foram mortos.

Considerado um dos eventos mais terríveis da história moderna, o massacre de Srebrenica foi o maior assassinato em massa da Europa desde a Segunda Guerra Mundial e o primeiro caso legalmente reconhecido de genocídio na Europa depois do Holocausto.

Depois de, no ano passado, um tribunal holandês ter decidido que a Holanda era responsável pela morte de três homens bósnios em Srebrenica, nesta mais recente decisão o tribunal disse também que as forças de manutenção de paz holandesas não fizeram o suficiente para proteger os bósnios, devendo ter tido conhecimento da possibilidade de existir genocídio.

O Estado holandês deverá então ter algum grau de responsabilidade pelo que aconteceu e pagar uma indemnização às famílias das 300 vítimas, cuja morte não conseguiram evitar. Segundo a BBC, esta terá sido uma decisão bastante dura já que a Holanda “só foi responsável pela morte de 300 dos mais de 7.000 homens mortos, o que significa que “muitos dos familiares das vítimas não irão ter direito a nenhuma indemnização”.

Durante a guerra (1992-1995), bósnios procuraram refúgio na cidade de Srebrenica, na base da ONU onde estavam as forças de paz holandesas, para fugir ao exército bósnio da Sérvia. No final, enquanto mulheres e crianças foram transportadas para uma área mais segura, as forças de paz terão informado homens e rapazes de que era seguro entregarem-nos ao exército sérvio. Mais de 7 mil foram levados para longe da base da ONU pelos sérvios da Bósnia, que depois os mataram. Ricardo Simões Ferreirahttp://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=4029315&seccao=Europa

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: