REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Policiais militares usam bombas de gás lacrimogêneo contra manifestantes na Tijuca

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 13, 2014

Cavalaria da PM avançou sobre o grupo, na Praça Saens Peña. Pelo menos nove pessoas foram detidas e uma ficou ferida no confronto

PMs fazem cordão de isolamento durante protesto na Tijuca – Fabio Rossi / Agência O Globo

RIO — Depois de bloqueio policial que durou mais de três horas, o protesto de manifestantes contra a Copa do Mundo que acontecia na Praça Saens Peña, na Tijuca, dissipou-se, mas o bloqueio policial continua. Em um dos bares que está dentro da área bloqueada, manifestantes e policiais acabaram se reunindo para assisitr à partida final, entre Argentina e Alemanha, por volta das 18h30m. Mais cedo, manifestantes entraram em confronto com policiais militares na tarde deste domingo na praça. Bombas de gás lacrimogêneo foram lançadas contra o grupo, de cerca de 200 pessoas.

Os PMs cercaram todas as vias de acesso à Saens Peña, e ninguém conseguia sair nem entrar na região. Quem tentava furar o bloqueio era impedido com bombas. Durante o confronto, a cavalaria da PM chegou a avançar sobre manifestantes, que levaram golpes de cassetete. Segundo advogados do grupo Habeas Corpus, oito pessoas foram detidas e levadas para a 21ª DP (Bonsucesso) e pelo menos uma, para a 19ª DP (Tijuca). A Rua Conde de Bonfim, principal via do bairro, ficou fechada até por volta das 19h, assim como os acesso à estação Saens Peña do metrô, que reabriu por volta das 18h45m, depois de quase três horas de portões cerrados. Segundo a concessionária Metrô Rio, isso aconteceu por medida de segurança, mas muitos passageiros reclamaram de terem ficado presos lá dentro.

Veja imagens do conflito

 

Manifestantes passam pela Rua Conde de Bofim – Reprodução

 

AÇÃO DA PM É CRITICADA

As barreiras montadas pela PM ao redor da Praça Saens Pena foi criticada por moradores, como Celso Jorge Santos, que não conseguiu passar pela Rua Conde de Bonfim para ir para casa:

— A polícia não me deixou ir para casa. Deveriam pensar na dispersão da passeata – disse.

O enfermeiro Cleiton Avelar estava passando pelo bairro e não conseguiu terminar o percurso até sua casa, no Grajaú.

— Estou há mais de uma hora tentando ir pra casa. Já tentei passar por sete barreiras e nada. Acho isso ridículo, o Maracanã é lá do outro lado, e todas as ruas de saída da Tijuca estão bloqueadas — reclamou.

Convocada pelas redes sociais, a manifestação foi organizada pelo movimento “Nossa Copa É Na Rua”. Os ativistas carregavam faixas, com frases contra a Copa do Mundo, em português e inglês, além de bandeiras vermelhas de movimentos de esquerda e até uma da Palestina. Numa delas estava escrito “Copa de sangue”. Além de gritar palavras de ordem, o grupo distribuía folhetos com reivindicações.

Muitos jornalistas, inclusive estrangeiros, acompanhavam o ato, além de representantes da mídia alternativa. O ativista Felipe Peçanha, da Midia Ninja, contou ter sido espancado por um grupo de PMs.

— Todos os policiais aqui estavam rindo de forma sádica das pessoas sendo agredidas. Eu não fiz nada de errado, só estou transmitindo o ato por um celular, e fui espancado, no chão, por oito PMs — afirma Felipe.

QUATRO DETIDOS E UM FOTÓGRAFO FERIDO

Segundo a PM, quatro pessoas foram detidas. Todas foram encaminhados para 21ª DP (Bonsucesso). Entre os feridos está o fotógrafo Loldano da Silva, que foi atingido por dois golpes de cassetete no braço esquerdo. Ele foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Tijuca. De lá, levado para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro, onde realizou uma radiografia. Ele estima que pelo menos outras quatro pessoas feridas na manifestação estejam no hospital.

Por causa da interdição na Conde de Bonfim, ruas como a Heitor Beltrão, a General Roca e a Pinto de Figueiredo tiveram o trânsito interrompido. O tráfego ficou complicado na região. Bruno Amorim e Emanuel Alencar – http://oglobo.globo.com/rio/policiais-militares-usam-bombas-de-gas-lacrimogeneo-contra-manifestantes-na-tijuca-13241035

Pela manhã, manifestantes passaram pela Rua São Francisco Xavier – Reprodução

Polícia dispersa manifestação junto ao Estádio do Maracanã

Polícia dispersa manifestação junto ao Estádio do Maracanã
Fotografia © REUTERS/Marco Bello

A polícia brasileira utilizou gás lacrimogéneo para dispersar cerca de 300 pessoas que se manifestam contra o Campeonato do Mundo junto ao Estádio do Maracanã onde se vai disputar a final do mundial.

De acordo com a AFP, os manifestantes protestam no Rio de Janeiro contra o dinheiro usado na organização da Copa do Mundo em detrimento da falta de investimento nos setores da Educação e da Saúde. A carga da polícia registou-se na altura em que os manifestantes tentavam romper o cordão de segurança junto ao estádio de futebol. Pelo menos uma pessoa foi detida hoje, somando-se à detenção, no sábado, de 19 pessoas que foram acusadas de “atos de vandalismo”, em manifestações de protesto pela situação social no Brasil.

Na manifestação perto do Estádio onde vai decorrer a final entre as seleções da Alemanha e da Argentina, há cartazes com as inscrições: “Libertem os prisioneiros, ditadura nunca mais” e “Podem chamar-me Neymar e tratar-me da minha saúde”, em referência ao jogador de futebol lesionado durante os jogos do campeonato. “A Copa está a chegar ao fim mas os problemas vão continuar”, disse à AFP Erin Morais, um manifestante que vestia um disfarce de Batman, antes da carga da polícia. “O motivo principal porque estamos aqui é porque precisamos de melhorar os nossos serviços públicos, as debilidades do nosso sistema de educação, de saúde e de segurança”, acrescentou o manifestante. Lusa – http://www.dn.pt/desporto/interior.aspx?content_id=4024722&page=-1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: