REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Archive for 11 de julho de 2014

Foto ao lado de animal morto causa polémica

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 11, 2014

A foto publicada por Jay Branscomb no seu Facebook. Muitos internautas não reparam que o animal não pode ser verdadeiro
A foto publicada por Jay Branscomb no seu Facebook. Muitos internautas não reparam que o animal não pode ser verdadeiro

A partilha e publicação de fotografias ao lado de animais abatidos, como forma de troféu, tem sido cada vez mais comum nas redes socias. Internautas e grupos de ambientalistas já se habituaram de tal modo a lançar críticas e queixas contra quem abate animais e partilha a sua ‘conquista’ online que se deixaram enganar por uma fotografia de Steven Spielberg ao lado do que parece ser um animal que terá caçado. É que se trata de… um dinossáurio, extinto há milhões de anos.

O que no início era uma brincadeira do norte-americano Jay Branscomb, depressa se tornou em motivo de polémica. Jay publicou uma foto de Steven Spielberg de 1993, num dos cenários do seu filme Jurassic Park, com uma legenda sarcástica: “Vergonhoso a foto deste caçador feliz posando ao lado de um Tricerátopo. Ele simplesmente merecia ser massacrado. Por favor, partilhe esta foto para que o mundo possa conhecer este homem desprezível”.

Rapidamente a fotografia foi partilhada por mais de 30 mil utilizadores e comentada mais de 6 mil vezes. Em alguns casos torna-se até difícil perceber se as pessoas não terão entendido a ironia ou se estariam simplesmente a entrar na brincadeira. Alguns exemplos: Penelope Rayzor, aparentemente indignada, escreveu: “Steven Spielberg, estou muito desapontada. Nunca mais verei os seus filmes, seu matador de animais”. Amy Schneider interrogou-se inclusive sobre como é que “alguém pode posar com uma espécie ameaçada como se fosse um troféu”.

Facto é que a publicação se tornou viral. Aproveitando este sucesso, Jay Branscomb quis brincar com aqueles que não terão entendido a piada. Publicou então outra fotografia do realizador, desta vez num cenário do seu outro filme, o Tubarão (1975), mantendo a brincadeira com uma nova legenda irónica. Para Jay é surreal que certas pessoas não tenham “entendido a sua piada”. Ricardo Simões Ferreira – https://bananapeople.wordpress.com/wp-admin/post-new.php?post_type=post

 

Posted in Curiosidades, Meio & Ambiente, MUNDO | Leave a Comment »

Alemães combinaram não “humilhar” mais a selecção brasileira

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 11, 2014

Thomas Müller, avançado da selecção alemã, revelou que a decisão foi tomada pelos jogadores durante o intervalo do jogo.

Muller, aqui ao centro, revelou o acordo entre os jogadores alemães no intervalo do jogo com o Brasil Pedro Ugarte/AFP

A goleada que o Brasil sofreu na passada terça-feira frente à Alemanha foi apenas de sete golos porque os jogadores da selecção alemã combinaram, no intervalo do jogo, não humilhar mais a selecção anfitriã do Mundial, de acordo com declarações do avançado Thomas Müller citado pela Reuters. “Sim, houve um acordo e veio da parte dos jogadores”, revelou Müller. Apesar disso, o suplente Andre Schuerrle, que entrou no segundo tempo, apontou ainda dois golos.

“Com o resultado que estava na primeira parte, nós [equipa] dissemos que teríamos que evitar ser arrogantes e não humilhar os anfitriões do Campeonato do Mundo”, admitiu Müller, o melhor marcador da competição deste ano e com 10 golos no seu histórico em Mundiais. O avançado afirmou ainda que os jogadores germânicos, sem o conhecimento dos treinadores, decidiram evitar fazer passes “estilosos”, habilidades para marcar golos ou “algum disparate parecido” durante a segunda parte do encontro de forma a não aumentar mais a agonia brasileira. http://www.publico.pt/desporto/noticia/durante-intervalo-do-jogo-alemaes-combinaram-nao-humilhar-mais-a-seleccao-brasileira-1662558

Hummels desmente ‘pacto para não humilhar’ o Brasil

 

Hummels negou que a Alemanha firmou um pacto para não 'humilhar' o Brasil
Hummels negou que a Alemanha firmou um pacto para não ‘humilhar’ o Brasil

A cordialidade apresentada pelos alemães durante a Copa do Mundo, principalmente após a expressiva goleada por 7 a 1 aplicada na Seleção Brasileira, não foi repercutida por completo na mídia internacional. Segundo o periódico inglês Daily Mirror, o zagueiro Mats Hummels teria exposto um “pacto para não humilhar” a equipe mandante, ainda no primeiro tempo. Porém, o defensor, em resposta, brincou e disse que deveria ter aulas de inglês novamente.

 

“Não consigo imaginar que eu disse ‘nós fizemos um pacto para não humilhar o Brasil’ ou algo nesse sentido. Essa não é a maneira que eu falo sobre meus adversários. Disse que ‘ficamos focados e não queríamos tentar humilhá-los’. Talvez eu deveria ter aulas de inglês novamente”, postou o defensor. Na última quarta-feira, Hummels saiu de Santa Cruz Cabrália, “quartel germânico” no Mundial, e foi de helicóptero para o município de Eunápolis, distante cerca de 60 quilômetros. Lá, realizou exames médicos, para analisar as dores musculares que o fizeram sair no intervalo da partida contra os canarinhos. Entretanto, ainda não recebeu a confirmação se poderá atuar na final.

Caso não reúna condições de jogo no Maracanã, o zagueiro deve ser substituído por Mertesacker. Configuração que não alteraria o tradicional 4-5-1 de Joachim Low, que conta com o beque Howedes na posição de lateral-esquerdo. A final do Mundial, entre Alemanha e Argentina, ocorre neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio do Maracanã. Um dia antes, o Brasil disputa o terceiro posto com a Holanda, em Brasília-DF, no Estádio Mané Garrincha.
Neymar vai torcer pela Argentina por conta dos amigos Messi e Mascherano. ESPN.com.br com agência Gazeta – http://espn.uol.com.br/noticia/424671_hummels-desmente-pacto-para-nao-humilhar-o-brasilPress

Posted in COMPETIÇÕES, Futebol | Leave a Comment »

Povo indígena desconhecido faz primeiro contato com a Funai no Acre

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 11, 2014

  • Gleison Miranda/Funai

    Roça de índios isolados do Alto Rio Envira é vista do alto em foto da Funai

    Roça de índios isolados do Alto Rio Envira é vista do alto em foto da Funai

Um povo indígena desconhecido que vive isolado na floresta amazônica estabeleceu recentemente o primeiro contato com índios da etnia Ashaninka e com servidores da Funai (Fundação Nacional do Índio) no Alto Rio Envira, na fronteira do Acre com o Peru. Segundo a Funai, o contato do povo indígena isolado aconteceu de forma pacífica em 29 de junho, na aldeia Simpatia. A tribo fica na terra indígena Kampa (Ashaninka) e Isolados do Alto Envira, onde vivem pelo menos 70 índios, sendo a maioria mulheres e crianças, em uma área de 232.795 hectares. A Funai não publicou fotos do encontro.

Dias antes, os índios desconhecidos assustaram mulheres e crianças Ashaninka quando apareceram nas malocas pegando panelas e facões. O clima ficou tenso entre índios desconhecidos e os ashaninka, o que levou o governo do Acre a realizar uma operação de segurança com apoio do Exército e da Polícia Federal na fronteira.

Extração ilegal de madeira faz índios isolados atacarem tribos no Acre

Índios que não têm contato com o mundo externo veem um avião que sobrevoa sua comunidade na Amazônia, perto do rio Xinane, no Acre, perto da fronteira com o Peru. Os líderes da tribo Ashaninka, que divide o território com esta tribo e outras que também são isoladas, teriam pedido ajuda ao governo e a ONGs para controlar o que eles consideram ser uma invasão por essas tribos de suas terras. O movimento das tribos seria forçado pela exploração madeireira ilegal na fronteira com o Peru. As fotos foram feitas em 25 de março de 2014 Leia mais Reuters/Lunae Parracho

Em nota divulgada em 17 de junho, o governo do Acre informou que a chamada Operação Simpatia consistia em averiguar as ameaças que a comunidade ashaninka recebia dos “índios isolados” e classificou os desconhecidos como “saqueadores”. Diante da aproximação dos índios isolados na aldeia Simpatia, o coordenador-geral de Índios Isolados da Funai, Carlos Travassos, viajou para região para acompanhar o trabalho da equipe da Frente de Proteção Etnoambiental Envira e do sertanista José Carlos Meirelles, da assessoria indígena do governo do Estado do Acre.

A FPE Envira vinha acompanhando a aproximação dos índios isolados desde o dia 13 de junho. A permanência do grupo isolado na região ocorre de forma pacífica. A equipe no local busca informações por meio de interpretes para que haja maior conhecimento deste grupo indígena. Segundo a Funai, a equipe recebe apoio do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Juruá, da Secretaria Especial de Saúde Indígena, para desenvolver um plano de contingência para situações de contato e evitar que os dois povos indígenas contraiam doenças.

O futuro dos indígenas depois desse contato preocupa antropólogos, que veem a vulnerabilidade dessa população em relação a doenças como a influenza, segundo artigo da revista Science sobre o assunto. A Politica de Proteção aos Índios Isolados da Funai tem a premissa do não contato, respeitando a autodeterminação dos povos e realizando o trabalho de proteção territorial com a presença destes. No entanto, são previstas ações de intervenção – planos de contingência – quando o grupo indígena isolado procura estabelecê-lo. (Com EFE)

Fotos de índios isolados na Amazônia do Peru

A ONG Survival International divulgou fotos inéditas de uma das 100 tribos isoladas do mundo. Os Mascho-Piro vivem no Parque Nacional de Manú, no sudeste do Peru Leia mais D. Cortijo/www.uncontactedtribes.org. http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2014/07/11/povo-indigena-desconhecido-faz-primeiro-contato-com-tribo-ashaninka-no-acre.htm

Posted in Meio & Ambiente, MUNDO | Leave a Comment »

Namorado de atriz de “Glee” é encontrado morto em hotel, diz site

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em julho 11, 2014

  • Reprodução/Instagram/becbecbobec

    Becca Tobin e Matt Bendik em foto publicada pela atriz em seu Instagram

    Becca Tobin e Matt Bendik em foto publicada pela atriz em seu Instagram

O namorado da atriz Becca Tobin, a Kitty da série “Glee”, foi encontrado morto na última quinta-feira (10) em um hotel na Philadelphia, de acordo com o site especializado em celebridades TMZ. Matt Bendik, 35 anos, estava na cidade para uma viagem de negócios, acompanhado de Becca. Na noite de quarta-feira, o casal se encontrou com amigos e tudo parecia bem. Na tarde de quinta, porém, o corpo de Bendik foi encontrado por uma faxineira do hotel. Ainda não se sabe onde Becca estava na hora em que o corpo foi achado nem se eles voltaram juntos ao hotel.

O departamento encarregado de investigações de morte na Philadelphia confirmou ao TMZ que o corpo foi encontrado, mas não forneceu mais informações. A polícia está tratando o caso como uma “morte repentina” e não suspeita de assassinato nem de suicídio. Fontes ligadas às autoridades disseram que não foram encontradas drogas ou instrumentos para seu uso no quarto. O relatório da polícia não menciona a existência de álcool nem de remédios no quarto e atesta que os oficiais não encontraram armas no local nem ferimentos no corpo de Bendik.

Bendik era dono de várias casas noturnas nos Estados Unidos, principalmente na cidade de Los Angeles, mas não tinha o costume de frequentar muitas festas. Segundo o site, os amigos ficaram chocados e devastados com a morte repentina do empresário. Um dos clubes dele, o DBA Hollywood, o homenageou, colocando a frase “nós amamos você, Matt” em seu letreiro. A morte de Bendik vem poucos dias antes do aniversário da morte de Cory Monteith, o Finn de “Glee”. Neste domingo, fará um ano que o ator foi encontrado morto em um quarto de hotel em Vancouver, no Canadá. http://celebridades.uol.com.br/noticias/redacao/2014/07/11/namorado-de-atriz-de-glee-e-encontrado-morto-em-hotel-diz-site.htm

Posted in Cinema, MAGAZINE | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: