REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Vai haver “bazar árabe” no centro histórico de Faro

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em junho 29, 2014

Vai haver "bazar árabe" no centro histórico de Faro
Fotografia © Arquivo

Iniciativa decorre entre os dias 2 e 6 do próximo mês. O centro histórico de Faro vai transformar-se num “bazar árabe”, entre 2 e 6 de julho, com a segunda edição dos Arabian Days (Dias Árabes), cujo recinto foi ampliado, explicou à Lusa Cristina Arvelos da organização.

“O recinto foi ampliado porque há mais animação este ano, ou seja, mais vendedores e mais propostas de animação”, disse aquela responsável, que espera superar nesta edição os 25 mil visitantes recebidos em 2013.

O evento tenta retratar os mercados tradicionais de Marrocos, Istambul e Egito representados pelos cerca de 150 vendedores confirmados e pelas atividades, animação, exposições e concertos que vão animar o recinto. Por ruas e vielas da Vila Adentro, zona histórica de Faro, os visitantes vão deparar-se com encantadores de serpentes, espetáculos de araras e papagaios e de falcoaria, cuspidores de fogo, dança do ventre, massagens, tatuagens em henna, uma exposição de aves, entre outros. A história da presença árabe em Portugal e, mais concretamente, no Algarve é desvendada através de uma exposição de armas que vai estar patente numa tenda militar. O recinto vai funcionar diariamente entre as 19:00 e as 01:00, estando o inicio dos concertos marcado para as 22:00.

A organização destaca o concerto de Rão Kyao, a 03 de julho e um espetáculo apresentado no dia 4 por José da Câmara e António Pinto Bastos onde o fado e a música árabe se fundem. No dia 2, o palco Arabian Days vai receber Serafim, contador de histórias, que vai declamar poemas de Al Mutamid, considerado um dos maiores poetas árabes, nasceu de Beja em 1040, foi califa de Silves e rei de Sevilha. O Arabian Days tem sido acolhido pelo município como uma forma de dinamizar “a cidade velha, que tem um espaço privilegiado e com imenso potencial para este tipo de temáticas”, afirmou o vice-presidente da Câmara, Paulo Santos. O Museu Municipal de Faro aderiu ao evento e vai estar aberto gratuitamente todos os dias até às 01:00, mostrando as suas exposições entre as quais a organização destaca a ala islâmica.

Nas traseiras do museu, um espaço recentemente recuperado pela Câmara de Faro vai estar dedicado ao Egito através do seu artesanato, gastronomia, danças e música e onde Cristina Arvelos revelou que será recriado um café tradicional egípcio. Passeios de póneis, cavalos e camelos, duas áreas dedicadas às crianças com “ateliers” de arco e flecha cujos alvos são figuras a tridimensionais de animais e um “tabuleiro” gigante construído em lona onde as crianças vão ser as peças de um jogo tradicional da Dinastia Omíada, semelhante ao jogo do galo, são algumas das novidades deste ano. Segundo Cristina Arvelos, este evento é uma oportunidade para conhecer a cultura árabe através da gastronomia, da música, da dança, da história e dos animais. Os ingressos diários custam cinco euros, o bilhete familiar está à venda por 15 euros enquanto o passe de cinco dias custa 20 euros. A entrada é gratuita para crianças até aos seis anos. http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3998224&seccao=Sul&page=-1

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: