REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

O “ópio do futebol” e a revolta social no Brasil

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em junho 12, 2014

A festa do futebol conseguirá apaziguar a revolta social no Brasil? O contexto em que o Mundial arranca esta quinta-feira está em foco em vários editoriais da imprensa. Já o “i” olha para Espanha e defende: “Ofereçam um referendo a Felipe VI”.

O 'ópio do futebol' e a revolta social no Brasil

“Agora a euforia, depois a realidade” é o título do editorial desta quinta-feira do jornal “Público”, que analisa o contexto em que ocorre o regresso do Mundial de futebol ao Brasil, 64 anos depois. Em 1950, aquando da anterior edição do Mundial por terras brasileiras, o país era radicalmente diferente, descreve o editorial, considerando que entretanto “os brasileiros, animados pelas conquistas do crescimento do país” começaram a “exigir mais, a protestar, a rebelar-se contra injustiças que durante muito tempo eram tidas por ‘normalidades'”.

O “país do futebol” estará hoje menos centrado no desporto-rei, a competição apenas conseguirá apaziguar por pouco tempo as indignações sociais e os políticos brasileiros têm de encontrar forma de satisfazer os anseios de milhões de brasileiros, caso contrário a euforia será seguida por uma “quarta-feira de cinzas”, escreve o “Público”. O mesmo tipo de questão é colocado pelo diretor-adjunto do “Negócios”, André Veríssimo, mas numa perspetiva mais pessimista. “O Mundial de futebol não trará redenção”, escreve-se no editorial, onde se prevê que, à semelhança do que tem acontecido com grandes eventos desportivos noutros países, o impacto económico será reduzido: “Os economistas do CITI e de outros bancos estão a assumir um impacto nulo do Mundial nas projecção de crescimento”.

“A coisa vai continuar preta”, acrescenta André Veríssimo, referindo que após “o fulgor económico ter esmorecido (…) é pouco provável que o opiáceo do povo lhe apague as ganas de protestar”. http://expresso.sapo.pt/o-opio-do-futebol-e-a-revolta-social-no-brasil=f875355

Uma resposta to “O “ópio do futebol” e a revolta social no Brasil”

  1. Arwen said

    Republicou isso em Arwen Releiturase comentado:
    É interessante como a mídia televisiva minimiza o efeito dos protestos não mostrando a real dimensão dos fatos.
    Ontem durante o jogo via-se muita exaltação aos jogadores como se fossem alguma espécie de santos e o que fizessem em campo fosse de fato um ato de heroísmo capaz de mudar a vida de alguém. O que a imprensa não mostra são as milhares de pessoas da ruas indignadas. O que a imprensa evita comentar e procura abafar ou pelo menos minimizar o imensa vaia para Dilma. Não somos uma nação em festa pelo futebol, somos uma nação que aproveita o dia de jogo para beber e descansar da rotina massacrante de trabalho que nos é imposta para pagar os nossos impostos e ter comida na mesa. No fim do jogo de ontem “Quantos acidentes por embriaguez?”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: