REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Novo livro dá voz ao pai de Anne Frank e à mulher que os escondeu

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em junho 8, 2014

 Um novo livro retoma a história de Anne Frank reunindo entrevistas ao pai, Otto Frank, e à mulher que escondeu a família, Miep Gies, revelando pormenores da autora do diário que chocou o mundo.
foto AFP
Novo livro dá voz ao pai de Anne Frank e à mulher que os escondeu
Fotografia de Anne Frank publicada em 1959

Otto Frank foi o único membro da família que sobreviveu e que publicou o diário em 1947, depois de Miep Gies lho ter entregue, após a confirmação da morte de Anne Frank, em Bergen-Belsen.

Em declarações à agência de notícias Efe, fontes da editora andaluza Confluências disseram que o livro “O que temos por fazer nunca vai acabar” será publicado na coleção “Conversas”.

A primeira entrevista incluída no livro foi publicada em 1967 por Otto Frank ao jornalista italiano Arnaldo Foa e foi transmitida originalmente pela RAI, mas o pai de Anne mal conseguiu expressar a dureza de sua experiência devido à brevidade da entrevista.

Foi na segunda entrevista, realizada pelo norte-americano Arthur Unger em 1977, que Otto Frank e a sua segunda esposa responderam a todos os tipos de perguntas, durante um longo encontro.

Otto Frank admite que nunca teve conhecimento daquilo que escrevia a sua filha naquele diário, mas sabia que o seu desejo era ser escritora, tendo sido essa uma das razões que o levou a publicar aquelas páginas quando as teve em seu poder.

O novo livro revela a única palavra que Otto censurou no texto original de Anne e lembra momentos da sua convivência, os seus medos e sofrimentos enquanto estiveram escondidos e partilha as felizes consequências da publicação do diário. O pai de Anne também admite o medo que tinha dos alemães da época e mesmo daqueles que se seguiram, mas ao mesmo tempo mostra-se confiante nas gerações atuais.

Na terceira e última entrevista, a protagonista é Miep Gies, empregada de Otto Frank antes da guerra, a mulher que ajudou a família a esconder-se e que salvou o diário de Anne Frank. “Todos nós sabíamos que escrevia um diário, porque lhe arranjávamos papel, mas quando escrevia isolava-se por completo”, lembra Giep, na entrevista com Menno Metselaar, em 1998, onde contou como conseguiu salvar os textos da adolescente. http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=3961534&page=-1

 

Uma resposta to “Novo livro dá voz ao pai de Anne Frank e à mulher que os escondeu”

  1. Arwen said

    Republicou isso em Arwen Releiturase comentado:
    Me lembro que não faz muito tempo houve uma estranha reação no Japão, o país já possui publicações do Diário de Anne Frank faz um bom tempo, mas recentemente – como se ele repentinamente fosse redescoberto – diversas edições disponíveis em bibliotecas publicas e escolares sofreram mutilações com páginas arrancadas ou mesmo destruídos completamente com tinta.
    Não entendo o motivo destas reações contra a obra. Não é uma obra em nada imoral ou amoral, muito pelo contrário, nos conta o drama real, as expectativas e frustrações de uma adolescente prisioneira sem ter cometido crime algum e despojada de tudo que os jovens almejam.
    Fiquei bastante curiosa com relação a esta nova obra baseada nas entrevistas de pessoas próximas.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: