REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Alerta global contra vírus informático agressivo

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em junho 2, 2014

Alerta global contra vírus informático agressivo O FBI, a Europol e outras agências anticrime a nível global conseguiram desativar temporariamente um dos vírus informáticos mais agressivos de sempre e estão a aconselhar os utilizadores para, nas próximas duas semanas, protegerem os seus computadores, antes que os piratas informáticos consigam voltar a “atacar”. O alegado líder da rede já foi identificado e acusado. Cryptolocker chega aos computadores através de anexos ou links em emails e faz “reféns” ficheiros pessoais

As ciberpolícias de vários países do mundo anunciaram, esta segunda-feira, o sucesso da operação contra o “malware” conhecido como “Cryptolocke”r, que chega aos computadores através de anexos ou links em emails.

Se o utilizador abrir um link ou anexo infetado, o “Cryptolocker” é capaz de fazer “reféns” ficheiros pessoais, que só são desbloqueados após o pagamento de um “resgate” num valor que ronda os 500 euros. O FBI estima que este vírus conseguiu perto de 20 milhões de euros em “resgates” só nos primeiros dois meses de atividade (surgiu em setembro de 2013) e terá infetado mais de 234 mil computadores, mais de metade dos quais nos Estados Unidos.

Alegado líder da rede, o russo Evgenii Mikhailovich Bogachev, de 30 anos, foi acusado por um júri de Pittsburgh (Pensilvânia, leste) de pirataria informática, fraude financeira e bancária e branqueamento de dinheiro. O suspeito, identificado pelos apelidos “Slavik” ou “Pollingsoon”, é também alvo de uma queixa apresentada em Nebraska (centro) por presumivelmente ter organizado uma fraude informática com o vírus “Cryptolocker”. Os investigadores norte-americanos trabalharam com polícias da Austrália, Alemanha, Canadá, França, Holanda, Itália, Japão, Luxemburgo, Nova Zelândia, Reino Unido e Ucrânia, assim como com o Centro Europeu do Cibercrime.

A Agência Nacional britânica contra o Crime (NCA, sigla em inglês) indica aos utilizadores que têm uma “janela” de duas semanas para protegerem os seus computadores, segundo o “The Guardian“. Depois da maior colaboração entre agências anticrime de vários países contra um vírus informático, o “Cryptolocker” está temporariamente desativado, mas, alerta a NCA, é uma corrida contra o tempo até que os piratas informáticos (“hackers”) consigam retomar o controlo e voltar a “atacar”.Esta mega investigação centrou-se no método como este vírus se propaga, isto é, através de uma outra forma perigosa de “malware”, chamado “Gamerover Zeus” (GOZeuS, surgiu em setembro de 2011).

“Camuflado” como um email inócuo e aparentemente credível, tem associado um ficheiro ou link que infeta os computadores e passa a monitorizá-lo, sem o utilizador perceber, tentando apanhar informação pessoal, como dados bancários, palavras-passe, etc. Ao mesmo tempo, “solta” também o “Cryptolocker” no computador.Segundo os investigadores do FBI, o GOZeuS é responsável por mais de 73,5 milhões de euros de perdas, após ter infetado entre 500 mil e um milhão de computadores no mundo, um quarto dos quais nos Estados Unidos.Nesta “janela” de duas semanas a Agência Nacional britânica contra o Crime aconselha os utilizadores a atualizar o software de segurança dos seus computadores, a fazer correr os programas de diagnóstico para detetar eventuais problemas e a ter cópias de segurança de ficheiros importantes. http://www.jn.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=3950135&page=-1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: