REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Coreia do Norte exige retirada de cartaz em cabeleireiro

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em abril 16, 2014

O dono do salão junto ao cartaz polémico
O dono do salão junto ao cartaz polémico Fotografia © M&M Hair Academy

A polícia britânica afirmou hoje que interveio quando responsáveis da embaixada da Coreia do Norte exigiram que um cabeleireiro londrino retirasse um cartaz a anunciar descontos com uma imagem do líder Kim Jong-un.

Ao jornal London Evening Standard, o proprietário do salão M&M Hair Academy, em Ealing, na zona ocidental da capital britânica, indicou que dois responsáveis da missão diplomática do país comunista fotografaram e exigiram que retirasse o “cartaz desrespeitoso”.

O cartaz anunciava descontos no corte de cabelo, apresentando uma imagem de Kim Jong-un, com o característico penteado e uma frase: “Cabelo impossível? Desconto de 15% no corte para homem durante o mês de abril”. “Disse-lhes que estavam em Inglaterra e não na Coreia do Norte e para contactarem os seus advogados”, contou Mo Nabbach ao jornal. “Os dois homens, de fato, estavam muito sérios. Foi muito ameaçador”, acrescentou. Nabbach, que também é fotógrafo de moda, disse ter retirado o cartaz ofensivo depois do incidente. A polícia confirmou que interveio para resolver a questão.

“Agentes falaram com as duas partes e não foi apresentada qualquer queixa”, informou um porta-voz da polícia metropolitana à agência noticiosa francesa AFP. A embaixada da Coreia do Norte, situada a menos de três quilómetros de distância do cabeleireiro, não respondeu aos contactos efetuados pela AFP. A Coreia do Norte assinalou hoje o 102.º aniversário do nascimento do fundador Kim Il-sung, avô do atual líder, com mensagens de lealdade ao “presidente eterno”, e ofertas de flores, mas sem qualquer desfile militar ou outras demonstrações de força. Nascido em 1912, Kim Il-sung fundou o Estado comunista em 1948 e liderou o país, com base na doutrina que criou, “Juche” – sistema socialista baseado na autosuficiência e no culto da personalidade -, até à morte em 1994.

Depois da morte do “grande líder” e “presidente eterno”, o filho Kim Jong-il (“querido líder”) assumiu o comando do país até morrer, em 2011. O poder passou para o jovem Kim Jong-un, ou “grande sucessor”, nesta dinastia comunista de mais de seis décadas. EJ // APN – Lusa, publicado por Ricardo Simões Ferreira

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: