REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Novo sinal detetado no Índico

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em abril 11, 2014

Especialistas admitem que sinais acústicos registados a leste da costa da Austrália provêm de uma caixa negra. Área de 58 mil quilómetros quadrados continua a ser patrulhada por navios e aviões de seis países. A área de busca pelo voo MH370 foi consideravelmente reduzida, para cerca de 58 mil quilómetros quadrados, depois de um avião-patrulha da Austrália ter detetado ontem um novo sinal acústico no oceano Índico.

Este sinal – o quinto registado desde sexta-feira – é “consistente” com o emitido pelas caixas negras e alimenta a esperança de que, “em breve”, sejam encontrados os destroços do avião desaparecido a 8 de março, com 239 pessoas a bordo, confirmou o coordenador australiano da operação de buscas Segundo Angus Houston, citado pela CNN, especialistas do Centro de Análise Acústica da Austrália (AJACC)e do fabricante norte-americano da caixa negra do Boeing 777 reconheceram estes ‘pings’ como “compatíveis com a especificação e descrição de um gravador de dados de voo, nomeadamente uma caixa negra”. No entanto, não se pronunciaram quanto ao facto de poderem pertencer ao avião da Malaysia Airlines. O responsável australiano frisou ainda que “os dados acústicos exigem uma análise mais aprofundada, mas provêm certamente de algo fabricado pelo homem”, descartando assim a hipótese de se estar perante sons naturais do fundo do mar ou do sonar de uma baleia.

A informação entretanto recolhida permitiu à equipa de buscas delimitar a zona do “último destino” do voo. Ainda assim, Houston foi cauteloso, ao afirmar : “Acredito que estamos a procurar no local correto, mas não estou em condições de o confirmar até que sejam avistados destroços.” Isto porque, apesar da utilização de alguns dos instrumentos mais sofisticados do Mundo, como robôs submarinos equipados com câmaras e sensores e boias munidas de dispositivo de escuta lançadas pelos aviões P-3 Orion da Austrália – que permitiram a deteção do quinto sinal sonoro – , o fator humano é crucial nesta operação, em que 11 navios e 13 aviões de seis países continuam a patrulhar o Índico. “No final do dia, a tarefa árdua é deixada a pessoas capazes de vislumbrar destroços no mar. Esse é um método extremamente fiável”, frisa David Mearns, militar norte-americano envolvido no resgate do voo da Air France que caiu no oceano Atlântico em 2009. Isabel Faria – Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/novo-sinal-detetado-no-indico

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: