REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Tribunal condena 24 homens por violarem 60 vezes jovem indiana

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em abril 4, 2014

 Um tribunal indiano condenou a diversas penas de prisão 24 homens que há duas décadas violaram repetidamente, cerca de 60 vezes, uma jovem de 16 anos nos estados de Kerala e Tamil Nadu, sul da Índia. Segundo o canal de Nova Deli NDTV, o tribunal de Kerala condenou a prisão perpétua o cabecilha do grupo, Dharmarajan, um advogado com cerca de 40 anos que organizou a múltipla violação da jovem em hotéis, casas e automóveis, após ter sido sequestrada pelo condutor de um autocarro. “Estou feliz e aliviada por ter sido feita justiça e porque agora todo o mundo conhecerá a verdade”, afirmou, esta quarta-feira, a vítima no final do julgamento. A luta solitária desta mulher e da sua família para obter justiça prolongou-se por 18 anos, e cinco dos acusados já faleceram.

Em 2005, na sequência da primeira sentença após a violação, o Tribunal superior de Kerala decidiu absolver 34 dos 35 acusados de terem participado no assalto sexual, mas a jovem decidiu levar o caso ao Supremo Tribunal. A audiência desta instância judicial sobre o caso demorou cerca de oito anos, mas em janeiro de 2013 o Supremo obrigou o tribunal de Kerala a repetir o processo, cuja sentença foi hoje pronunciada. As condenações foram pronunciadas no mesmo dia em que um tribunal de Bombaim condenou à morte três homens acusados de violarem uma fotógrafa em agosto de 2013, um mês após terem agredido sexualmente outra jovem nesta grande cidade do oeste da Índia. http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=3796878&page=-1

O incidente ocorreu no distrito de Maldá na quarta-feira ao amanhecer, por a mulher se sentir humilhada pelo tribunal.

Mulher suicida-se após violador ser punido com pedido de perdão Homem foi condenado a tocar nos pés da vitima. 04 de Abril 2014, 09h27 Nº de votos (0) Comentários (9) Uma mulher indiana suicidou-se, imolando-se, em Bengala, no leste da Índia, depois de um ‘tribunal’ local ter condenado o violador apenas a um pedido de perdão, tocando nos pés da vítima, informou hoje a imprensa local. O incidente ocorreu no distrito de Maldá na quarta-feira ao amanhecer, por a mulher se sentir humilhada pelo tribunal, relatou o seu marido ao diário ‘Times of India’. O agressor, um vizinho identificado como Nabin Mandal, violou a mulher depois de ter entrado em sua casa, onde se encontravam com os três filhos.

Embora depois de ter tido conhecimento do caso o marido da vítima tenha atacado o agressor, vizinhos convenceram-no de que o ‘conselho local’ se encarregaria de castigar o violador, julgado nessa mesma noite, mas este acabou por ser punido apenas com um pedido de perdão, devendo, para o efeito, tocar nos pés da vítima. Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/mulher-suicida-se-apos-violador-ser-punido-com-pedido-de-perdao

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: