REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Lembrem-se do Alamo!

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em março 25, 2014

Obama diz que não faz sentido comparar Kosovo e Crimeia

Barack Obama, em Haia, na Holanda, onde participou numa reunião do G7 e onde deu hoje uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro holandês Mark Rutte
Barack Obama, em Haia, na Holanda, onde participou numa reunião do G7 e onde deu hoje uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro holandês Mark Rutte Fotografia © Reuters

“Vejo a analogia com o Kosovo, onde milhares de pessoas foram massacradas pelo seu governo, mas é uma comparação que não faz qualquer sentido”, declarou hoje o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na conferência de imprensa de encerramento da cimeira sobre segurança nuclear em Haia, na Holanda.

Obama referia-se à ex-província da Sérvia, que declarou unilateralmente a independência a 17 de fevereiro de 2008, tendo os Estados Unidos sido dos primeiros países a reconhecer o novo país chamado Kosovo. Durante o processo que conduziu à anexação da Crimeia pela Rússia, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, chegou a dizer que, tal como o Kosovo, a Crimeia (parte da Ucrânia) também era um caso especial.

O chefe do Estado norte-americano não concorda e diz que a “a Rússia é uma potência regional que põe os seus vizinhos em perigo não pela sua força mas pela sua fraqueza”, disse Obama, em Haia, um dia depois de o G8 ter passado a G7 após da expulsão da Rússia.

“Nós temos uma influência considerável sobre os nosso vizinhos mas não temos a necessidade de os invadir para ter uma forte relação de cooperação com eles”, prosseguiu Obama. “O facto de a Rússia ter sentido necessidade de recorrer aos militares e de violar o direito internacional é prova de menos influência, não de uma influência crescente”, acrescentou. Patrícia Viegas – http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3777696&seccao=Europa

NE: O que os norte americanos fazem questão de esquecer neste caso da Crimeia é que pelo menos neste último caso ainda houve um referendo que consistiu na aprovação de 95% da população pela anexação à Russia. Se voltarmos a 1835 no Texas poderemos observar que aquela província mexicana acabou sendo minada por simpatizantes separatistas norte americanos que deflagraram uma revolta que acabaria por anexar o Texas aos Estados Unidos da América na base da bala. É importante que a história seja lida, revista e divulgada para sabermos até onda vai a verdadeira hipocrisia!

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: