REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Porto do Rio será primeiro a receber melhorias este ano

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em março 21, 2014

Ministro da Secretaria Especial do setor afirma que a dragagem facilitará o acesso ao terminal. País também dará início às licitações de arrendamento

Rio – Após meses de discussões com representantes do setor e de problemas com o Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro da Secretaria Especial de Portos (SEP), Antônio Henrique Silveira, acredita que poderá, em breve, dar início às licitações de arrendamento de terminais portuários no Brasil. Antes disso, abre concorrência para a dragagem do Porto do Rio, o primeiro de 20 portos brasileiros que devem receber melhorias de acesso este ano. Segundo ele, a expectativa é que os dois primeiros lotes de arrendamento, em Santos e no Pará, sejam leiloados em maio.

Ministro da secretaria de portos também negocia com a Petrobras a gestão de terminais de petróleo

Foto:  Fernando Souza / Agência O Dia

Com investimentos estimados em R$ 57 bilhões, o Programa de Investimentos em Logística Portos tem atraído o apetite de gigantes mundiais do setor, garante o ministro. “Tem um interesse estrangeiro bastante apreciável, principalmente relacionado a terminais de granéis”, comentou, em entrevista ao jornal Brasil Econômico. No cargo desde outubro do ano passado, egresso do Ministério da Fazenda, Silveira avalia que a concorrência entre operadores ajudará a baixar os custos de operações portuárias e cita Santos como exemplo. “Hoje há cinco terminais de contêineres lá, o que cria uma disputa acirrada.”

O ministro destacou ainda que, há dois anos, o Brasil instituiu no chamado Porto 24 horas, que permite que a liberação de carga funcione 24 horas por dia. “Isso tem funcionado nos maiores portos, mas precisa também de adaptação cultural dos transportadores. Aqui no Porto do Rio, por exemplo, mais de 80% da movimentação é feita durante o dia. É uma mudança relativamente recente e é preciso de adaptação do setor privado”, destacou.

Trabalhadores não são mais “fonte de conflitos” nos portos

Para o ministro da Secretaria Especial, a negociação com os sindicatos de trabalhadores faz com que o governo não veja resistência deles às mudanças nos portos. Durante a discussão da lei do setor, alguns desses sindicatos chegaram a paralisar portos.“A gente tem tido uma conversa bastante construtiva. São sindicatos fortes, representativos, mas a gente estabeleceu um padrão de representação bastante franco. Estamos tentando endereçar as reivindicações dos sindicatos de uma forma construtiva, conseguindo andar com uma agenda harmônica. Não vejo isso hoje como uma fonte de conflitos”, disse Antônio Henrique Silveira.

O ministro também está otimista num entendimento com a Petrobras em relação aos terminais de petróleo. “Hoje em dia a gente tem uma discussão com a Petrobras para encontrar as melhores soluções. No programa de arrendamentos, não incluímos aqueles terminais em que a ANP apontou que um eventual desvio pudesse trazer riscos de desabastecimento e estamos em uma discussão com a estatal para um arranjo que atenda às necessidades da empresa e os princípios da Lei dos Portos”, afirmou, desconversando quando perguntado se em algum momento, os terminais de petróleo também passarão a ser arrendados. “Estamos construindo uma solução”, disse o ministro. Nicola Pamplona e Octávio Costa – http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2014-03-21/porto-do-rio-sera-primeiro-a-receber-melhorias-este-ano.html

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: