REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Crimeia pede oficialmente anexação à Rússia

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em março 17, 2014

Uma mulher distribui jornais com a manchete "Crimeia escolha a Rússia"
Uma mulher distribui jornais com a manchete “Crimeia escolha a Rússia” Fotografia © Reuters/Vasily Fedosenko

O parlamento da Crimeia aprovou hoje uma resolução a declarar-se independente da Ucrânia e pediu oficialmente a anexação da península à Rússia.

A resolução foi adotada numa sessão do parlamento, na qual também acordou que a Crimeia passará a usar o fuso horário de Moscovo, e não o de Kiev, Ucrânia, que seguia até ao momento.

“A República da Crimeia apela às Nações Unidas e a todos os países do mundo para que a reconheçam como um estado independente”, pode ler-se no documento aprovado pela Assembleia, assim como o apelo para que a Federação Russa “aceite a República da Crimeia como membro”.

O presidente do Parlamento da Crimeia, Vladimir Konstantinov, avançou que as unidades militares ucranianas no território da Crimeia vão ser dissolvidas, mas os militares podem ficar a viver na península, se o desejarem.

“Tudo o que se encontra aqui, no território, será desde logo nacionalizado. As unidades militares vão ser desmanteladas, e aqueles que quiserem podem ficar aqui a viver”, acrescentou.

O documento foi aprovado por todos os 85 deputados presentes na assembleia com 100 assentos, após o referendo de domingo, no qual a esmagadora de habitantes da Crimeia votou pela junção do território à Rússia.

“O Conselho Supremo da República Autónoma da Crimeia (…) declara a Crimeia como um estado soberano independente “, lê-se no documento.

De acordo com o mesmo, a partir de hoje as leis ucranianas não vão continuar a ser aplicadas na Crimeia e as decisões tomadas pelo Estado ucraniano desde a queda do Presidente apoiado pelo Kremlin Viktor Yanukovych não têm qualquer autoridade.

“As atividades das instituições estatais ucranianas no território da Crimeia terminaram e os seus poderes, propriedades e orçamente vão ser transferidos para os órgãos estatais da República da Crimeia”, acrescenta o documento, sublinhando também que “todos os estabelecimentos, empresas e outras organizações ucranianas ou com participação ucraniana no território da Crimeia vão ser propriedade do novo território”.

Aksyonov adiantou ainda na sua rede social Twitter que 500 soldados ucranianos deixaram as suas posições em Sebastopol, sede da frota no Mar Negro.

No referendo de domingo, um total de 96,6% dos votantes da Crimeia votou da favor da reunificação com a Rússia informou hoje o presidente da Comissão Eleitoral da Crimeia, Mikhailo Malychev.

“Estes dados já não variam”, sublinhou Mikhailo Malychev, que estimou em 82,71% a participação na consulta celebrada na península banhada pelo mar Negro, em declarações ao canal de televisão “Krim”.

“Resultados definitivos do referendo em 96,6 a favor!”, escreveu, por sua vez, o primeiro-ministro pró-russo da Crimeia Serguii Axionov na sua conta de Twitter.

O referendo, cujas duas perguntas eram “Aprova a reunificação da Crimeia com a Rússia como membro da federação da Rússia?” e “Aprova a restauração da Constituição da Crimeia de 1992 e o estatuto da Crimeia como fazendo parte da Ucrânia?”, é considerado ilegal pelas novas autoridades de Kiev e pela maioria da comunidade internacional.

Só Moscovo defende que se trata de uma consulta “legítima”.

As autoridades autónomas da Crimeia convocaram o referendo de domingo na sequência da deposição do Presidente ucraniano pró-russo Viktor Ianukovich, em fevereiro, após três meses de violentos protestos em Kiev, liderados pelas forças da oposição.

Depois da queda de Ianukovich, forças apoiadas pela Rússia assumiram o controlo da península do sul da Ucrânia, transformada no foco do mais grave conflito entre Leste e Ocidente desde o final da Guerra Fria. Agência Lusa, publicado por Susana Salvador – http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3755770&seccao=Europa&page=-1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: