REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Rio de Janeiro com praças ocupadas até ao Mundial

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em março 14, 2014

Até junho, data do início do torneio de futebol, a contestação social passará pela ocupação temporária para eventos culturais nalgumas das principais praças cariocas.

Aos gritos de "não vai ter Copa", "deixa passar a revolta popular" e "não adianta reprimir, esse Governo vai cair", os manifestantes percorreram as principais ruas do centro do Rio de Janeiro
Aos gritos de “não vai ter Copa”, “deixa passar a revolta popular” e “não adianta reprimir, esse Governo vai cair”, os manifestantes percorreram as principais ruas do centro do Rio de Janeiro – Daniel Rodrigues

Cinelândia, uma das mais emblemáticas praças do Rio de Janeiro, deverá ser ocupada já a partir da próxima terça-feira pelos manifestantes que reivindicam maiores investimentos em educação e saúde, discordando da opção governamental pela realização do próximo Mundial de futebol. Até junho, data do início da competição, esta deverá ser a estratégia de um dos principais movimentos críticos. A revelação foi feita por Elisa Sanzi, 28 anos, conhecida como Sininho, que foi capa da revista “Veja” (19 de fevereiro) como sendo próxima dos grupos radicais Black Blocks e acusada de estar ligada ao financiamento dos movimentos associados aos atos mais violentos das manifestações brasileiras, que resultaram, inclusive, na morte de um operador de câmara.

Em declarações ao Expresso durante a manifestação, Elisa explicou que os próximos passos da contestação passam pela ocupação temporária para a realização de eventos culturais em algumas das principais praças da cidade. A primeira será a Cinelândia já na próxima semana. “Queremos mostrar ao mundo que o Brasil não é uma democracia, que está destruído”, afirma. Esta estratégia coincide com a intenção do grupo Fora do Eixo, um dos protagonistas da contestação que teve início inesperado em junho de 2013 e que assumiu grandes proporções. Felipe Altenfelder, um dos porta-vozes do movimento, explicou ao Expresso, na véspera da manifestação, que o objetivo é fazer da Cinelândia uma nova praça Tahir, tal como no Egito.

Segundo diz, a ocupação poderá durar até ao Mundial de futebol e pretende simbolizar a necessidade de adotar um movimento revolucionário, à semelhança da praça-símbolo no Cairo durante a chamada primavera árabe. A manifestação desta quarta-feira no Rio de Janeiro reuniu cerca de duas centenas de pessoas e um largo efetivo de polícias de choque. Aos gritos de “não vai ter Copa”, “deixa passar a revolta popular” e “não adianta reprimir, esse Governo vai cair”, os manifestantes percorreram as principais ruas do centro. Hoje, quinta-feira, será a vez de São Paulo ficar marcada pela onda de contestação. A maior cidade brasileira deverá ter as ruas cheias por milhares de participantes que já confirmaram presença na manifestação paulista. Christiana Martins – http://expresso.sapo.pt/rio-de-janeiro-com-pracas-ocupadas-ate-ao-mundial=f860716

Uma resposta to “Rio de Janeiro com praças ocupadas até ao Mundial”

  1. Arwen said

    Republicou isso em Arwen Releituras.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: