REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Mayor de Londres compara Clooney a Hitler

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em fevereiro 17, 2014

Mayor de Londres Boris Johnson trocou declarações menos simpáticas com o ator e realizador George Clooney
Mayor de Londres Boris Johnson trocou declarações menos simpáticas com o ator e realizador George Clooney Fotografia © D.R.

Tudo começou quando o ator e realizador norte-americano, no contexto do seu novo filme ‘Os Caçadores de Tesouros’, defendeu que os mármores do Parténon, que estão no British Museum, em Londres, deveriam ser devolvidos a Atenas. Ao apresentar o seu novo filme no festival de Berlim, que agora terminou, George Clooney defendeu que devolver a Atenas os mármores do Parténon era uma boa ideia. Questionado por um jornalista grego sobre o assunto durante a conferência de imprensa respondeu: “Talvez não fosse uma má ideia se fossem devolvidas. Acho uma boa ideia. Seria uma coisa muito justa e simpática. Penso que é a coisa certa a fazer”.

A reação, indignada, por parte do presidente da Câmara de Londres não tardou. “Está a promover um filme sobre arte roubada pelos nazis sem perceber que Goring tinha ele próprio planos para saquear o British Museum”, disse Boris Johnson, no jornal britânico ‘The Telegraph’. E prosseguiu: “E para onde iam os nazis mandar os mármores Elgin? Para Atenas! Este Clooney anda a defender nada mais nada menos do que a agenda de Hitler para os tesouros culturais de Londres”, prosseguiu o mayor, que já se habituou a protagonizar polémicas.

Os mármores do Parténon foram trazidos pelo Lorde Elgin, embaixador britânico no Império Otomano entre 1801 e 1812, que depois os vendeu ao Governo britânico. Encontram-se atualmente no British Museum. Este museu argumenta que os mármores foram adquiridos por Elgin de forma legal e tornaram-se uma parte essencial da sua coleção, podendo ser vistos em Londres, no contexto das culturas de vários países. Após a reação de Boris Johnson às suas palavras, Clooney disse depois ao jornal ‘London Evening Standard’ que a questão foi em primeiro lugar levantada por um jornalista grego.”Acho que não vale a pena andar em discussões abertas. Fizeram-se centenas de perguntas na conferência de imprensa, um repórter grego perguntou-me sobre os mármores e eu apenas pensei que seria provavelmente uma boa ideia se voltassem à sua origem”.

Ao ‘Huffington Post’, Clooney brincou ainda com a situação: “Sou um grande fã do mayor e estou certo de que o meu caro amigo não tinha qualquer intenção de me comparar com Hitler. “Eu atribuiria isso a um pouco de hipérbole a mais regada com uns poucos whiskeys”. Segundo o jornal espanhol ‘ABC’, que cita a sua correspondente em Atenas, Begoña Castiella, o ministro da Cultura griego, Pános Panayotópulos, já terá agradecido por carta a Clooney pelo seu apoio. ‘Os Caçadores de Tesouros’ (‘The Monuments Men’, no original), estreia em Portugal na próxima quinta-feira dia 20 de fevereiro. Patrícia Viegas, com ‘The Telegraph’, ‘ABC’, ‘Guardian’, ‘Huffington Post’ e ‘London Evening Standard’ – http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=3690370&seccao=Cinema&page=-1

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: