REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Exportação Brasileira em Alta: Maioria dos prostitutos em Lisboa são brasileiros

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em dezembro 21, 2013

Prostitutos da capital portuguesa são jovens. Os clientes são casados e de classe média-alta. Os trabalhadores sexuais masculinos de Lisboa são maioritariamente brasileiros, jovens e trabalham em apartamentos e na rua, sendo os seus clientes na maioria homens, casados e da classe média-alta, revela um estudo divulgado esta sexta-feira. O retrato dos trabalhadores sexuais masculinos é traçado num projeto de intervenção que está a ser realizado desde 2011 por uma equipa técnica da Liga Portuguesa Contra a Sida (LPCS) junto de 149 trabalhadores e cujos resultados foram divulgados na conferência promovida pela Liga ‘Encontros (In)Seguros)’.

Retrato dos trabalhadores sexuais masculinos é traçado num projeto de intervenção de uma equipa da Liga Portuguesa Contra a Sida

Segundo o projeto ‘Encontros (In)Seguros’, estes trabalhadores têm uma média de 29 anos, são solteiros, desempregados, homossexuais, brasileiros, a maioria legais, com o ensino secundário e uma localização incerta. A presidente da LPCS adiantou à agência Lusa que 37% dos trabalhadores estão em Portugal há mais de cinco anos e 32% há menos de cinco. O trabalho sexual é a principal fonte de rendimentos destes trabalhadores, que se relacionam “emocionalmente e sexualmente entre eles”, adiantou Maria Eugénia Saraiva.

Segundo Eugénia Saraiva, o projeto visou “uma intervenção integrada junto dos homens que têm sexo com homens em contexto de trabalho sexual na cidade de Lisboa”. Ao longo dos três anos, a equipa realizou 398 visitas a apartamentos e distribuiu cerca de 11 mil preservativos, 5.500 gel lubrificante, 6.500 folhetos de prevenção e 400 cartazes. Fez 39 encaminhamentos para valências da LPCS e 80 para parceiros, na sua maioria para realização do teste ao VIH. “No total de trabalhadores sexuais masculinos reativos, em termos de VIH, nós temos 12, e de número de trabalhadores sexuais masculinos para o VIH após intervenção do projeto temos sete”, disse Eugénia Saraiva. A prevalência de infeção por VIH/Sida é de 5% em trabalhadores sexuais e em homens que têm sexo com homens. http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/maioria-dos-prostitutos-em-lisboa-sao-brasileiros

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: