REPÚBLICA BANANA PEOPLE

Publique sua OPINIÃO Sem CENSURA! DENÚNCIE! Seja Um Colaborador!

Archive for 1 de agosto de 2012

Morre aos 86 anos o escritor americano Gore Vidal

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em agosto 1, 2012

Autor faleceu em casa de complicações de pneumonia

O escritor Gore Vidal no National Book Awards, em Nova York, em 2009 Tina Fineberg / AP


O escritor Gore Vidal no National Book Awards, em Nova York, em 2009
Foto: Tina Fineberg / APRIO – O escritor, dramaturgo, roteirista e ativista político americano Gore Vidal morreu nesta terça-feira, aos 86 anos, vítima de complicações de uma pneumonia.

Dono de uma prodigiosa carreira e considerado um dos mais versáteis autores americanos, com mais de 20 romances lançados, Vidal estava em sua casa em Los Angeles, para onde se mudou em 2003 depois de um longo exílio na Itália.

Sempre ativo na política e grande crítico do estilo de vida americano, Eugene Luther Gore Vidal (nascido Eugene Louis Vidal) foi um reconhecido porta-voz dos direitos civis e das minorias, defendendo a “consciência crítica diante do imperialismo”. Em 1960 e 1982, tentou se eleger ao congresso e ao senado, sem sucesso. Perdeu-se um político e consagrou-se um dos maiores autores da língua inglesa.

Ao lado de Truman Capote e Norman Mailer, ele fez parte de uma geração de escritores que eram também celebridades. Famoso por seus comentários ácidos e espirituosos, Vidal era frequentemente convidado para participar de talk shows na TV, além de sempre figurar nas colunas sociais ao lado de amigos como Tennessee Williams, Orson Welles, Frank Sinatra e Jackie Kennedy. Continue lendo »

Posted in Literatura, MAGAZINE | Leave a Comment »

Bolívia expulsa Coca-Cola e anuncia falência do McDonald’s

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em agosto 1, 2012

Ministro de Evo Morales disse que expulsão ‘é parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo’

RIO — A Bolívia decidiu expulsar a Coca-Cola do país, com o argumento de que o refrigerante está associado a infartos, derrame, câncer e, claro, capitalismo. O governo do país também anunciou a falência do McDonald’s por lá.

Segundo a Agência Venezuelana de Notícias (AVN), o ministro das relações exteriores boliviano, David Choquehuanca, afirmou em um programa de televisão que a expulsão ocorrerá em 21 de dezembro, “em sintonia com o fim do calendário Maia e será parte das comemorações para celebrar o fim do capitalismo e o começo da cultura da vida”.

Em substituição à Coca-Cola, o ministro defendeu o consumo de mocochinche (refresco de pêssego). Quanto à rede de fast food McDonald’s, Choquehuanca comemorou que a empresa fechará suas oito lojas na Bolívia, após 14 anos em atividade, por não conseguir resultados positivos. O Globo

Posted in MUNDO, Politica, Sociedade | Leave a Comment »

Hubble mostra “diamantes” no espaço

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em agosto 1, 2012

Hubble mostra "diamantes" no espaço
Fotografia © ESA

O telescópio espacial tirou uma fotografia do agrupamento de pelo menos duas mil estrelas, algumas com dez mil milhões de anos, conhecido como Messier 68. Localizado a 33 mil anos luz da Terra, na constelação de Hydra, este agrupamento de estrelas tem 106 anos luz de diâmetro. Das duas mil estrelas visíveis, 250 são gigantes e 42 variáveis (cuja luminosidade varia em períodos de menos de cem anos).

A imagem do Messier 68 (descoberto pelo astrónomo francês Charles Messier em 1780) foi divulgada pela Agência Espacial Europeia (ESA) e parece mostrar um céu de diamantes. Os astrónomos conseguem estimar a idade dos aglomerados globulares estudando a luz das estrelas que os compõem. “As estrelas são formadas por elementos químicos que deixam uma impressão de luz, que revela que os aglomerados globulares contêm menos elementos pesados, como o carbono, oxigénio ou erro, que as estrelas como o nosso Sol”, segundo a ESA. Susana Salvador – DN.pt

Posted in Início | Leave a Comment »

Homem dado como morto há 23 anos volta a casa

Posted by REPÚBLICA BANANA PEOPLE em agosto 1, 2012

Moslemuddin Sarkar, que estava desaparecido desde 1989 e a família o dava como morto desde então, regressou na terça-feira a casa, depois de a Cruz Vermelha o ter descoberto numa prisão em Karachi, no Paquistão. As autoridades paquistanesas libertaram Sarkar, de 52 anos, na noite de segunda-feira e deportaram-no imediatamente. À sua espera no aeroporto de Daca estava o irmão, Sekandar Ali, que não acreditava que voltaria a ver Sarkar.

Sarkar saiu de casa numa manhã de 1989 e disse à família que iria regressar ao trabalho no porto de Chittagong, no Bangladesh, não tendo dado mais notícias. O seu desaparecimento levou o irmão Ali a procurá-lo no porto, mas ali informaram-no que Sarkar não tinha regressado ao trabalho. Mesmo depois do seu regresso, Sarkar continua relutante em explicar o que lhe aconteceu e como acabou numa prisão no Paquistão.

“Atravessei a fronteira para a Índia em 1989 e fui para Nova Deli depois de ter estado alguns meses nos Estados indianos de Assam e Meghalaya. Depois casei em Nova Deli, mas fui apanhado na fronteira entre a Índia e o Paquistão quando estava a tentar entrar neste último país em 1997 por não ter documentos de viagem”, disse.

Sarkar acrescentou que cumpriu 15 anos de prisão, sem dar mais pormenores. O Paquistão e a Índia têm uma relação tensa e frequentemente detêm cidadãos dos seus países por longos períodos de tempo por terem entrado no território do outro. Lusa, publicado por Patrícia Viegas – DN.pt

Posted in Início | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: